Diagnóstico e tratamentos para queda de cabelos

Ao menor sinal de queda dos cabelos surge o desespero e uma pergunta é inevitável: será que corro o risco de ficar careca? As causas para o problema são várias, incluindo genética, estresse, dietas restritivas, alguns medicamentos e doenças. Cerca de 30% da população adulta sofre com a perda excessiva dos fios, que atinge homens e mulheres em diferentes fases da vida. Por isso, é importante ficar atento aos primeiros sinais de alerta: perder mais de 100 fios por dia, falhas no couro cabeludo, oleosidade excessiva, fio mais fino e fraco indicam que algo não vai bem com a saúde das madeixas.

Um bom diagnóstico é imprescindível para indicar o melhor tratamento. Portanto, ao notar uma queda considerável dos fios, nada de recorrer a procedimentos caseiros. A solução é procurar um dermatologista.

Diagnóstico

Para encontrar as causas da queda de cabelo, o dermatologista analisa uma série de fatores. Exames de sangue para investigar se há alteração hormonal, anemia ou outras mudanças podem ser indicados. O diagnóstico também é complementado através de análise macroscópica, classificação do estágio da queda de cabelo, avaliação do couro cabeludo, densidade folicular, análise da queratina do couro cabeludo, avaliação da rede vascular do couro cabeludo, análise do diâmetro dos fios, avaliação dos folículos pilosos, entre outros.

Tratamentos

Após investigação e descoberta da causa da queda de cabelo, ela deve ser tratada. Medicamentos orais e/ou tópicos, assim como a intradermoterapia, a fotobioestimulação por LED (luz emitida por diodo), laser, drug delivery, radiofrequência microagulhada, entre outros procedimentos podem ser indicados. Os tratamentos podem ser realizados juntos ou separadamente e é esperado que melhorem a nutrição celular e o fluxo sanguíneo dos folículos, estimulem fatores de crescimento, reduzindo a queda e reestruturando os fios.

Plataforma é novidade

A InovaClinic conta com uma Plataforma de Restauração Capilar é um sistema de análise e tratamento capilar, funcionando como um aliado do dermatologista. O equipamento realiza o diagnóstico e oferece diversos tratamentos capilares em uma única plataforma.

A Plataforma avalia:

Grau de alopécia;

Densidade do fio;

Espessura do fio;

Lesões foliculares;

Metabolismo sebáceo;

Fenômenos alérgicos;

Análise do couro cabeludo;

Documentação antes/depois do tratamento.

Saiba mais sobre