Bioestimulador de colágeno à base de PolyCaproLactone para rejuvenescimento

Entre os fatores causadores do envelhecimento facial está a degradação de colágeno, proteína que confere sustentação, firmeza e elasticidade à pele. A maioria dos tratamentos dermatológicos tem o objetivo de auxiliar na produção dessa substância e um bioestimulador à base de PolyCaproLactone e Carboxymethyl Cellulose é uma novidade para preenchimento facial e tratamento de flacidez.

O tratamento é injetável, realizado no consultório sob anestesia local com micro cânulas que alcançam áreas profundas da pele, promovendo uma reação que levam os fibroblastos a produzir colágeno. O procedimento é ideal para ser realizado em regiões da face que sofrem com a flacidez e perda de contorno, como mandíbula e os ossos zigomáticos, por exemplo. As indicações são para o tratamento de rugas e linhas faciais, reposição de volume facial (incluindo maçãs do rosto, queixo e mandíbula) e textura da pele.

Após 90 dias é avaliado se há a necessidade de retoques pontuais e os resultados podem durar até 4 anos, variando de acordo com o paciente.

Saiba mais sobre